segunda-feira, 26 de julho de 2010

Checklist da Modéstia

Uma lista mental para consideração de meninas e mulheres quando experimentarem roupas
Traduzido e adaptado por Andrea Patrícia 

Os homens têm mais facilidade quando se tenta encontrar roupas modestas, mas aqui está uma regra geral para as mulheres:
 Fique em posição reta e pergunte a si mesma: a roupa cobre minhas coxas? O decote é decente? Existem lacunas ou franzidos sobre a área do peito indicando que a blusa é muito apertada? Se a blusa tem botões, há alguma fenda que faça com que meus seios possam ser visíveis quando estou de lado? É a roupa tão fina que se possa ver muito através do tecido?
• Ande alguns passos e pergunte a si mesma: há qualquer tipo de fenda, ao caminhar revela-se muito? É a roupa solta o suficiente para andar confortavelmente?
• Sente-se e pergunte a si mesma: As minhas pernas ainda estão cobertas? Eu ainda estou decente ao cruzar e descruzar as pernas? Sou capaz de sentar confortavelmente?
• Incline-se pela cintura como se você estivesse colhendo uma flor. Pergunte-se: o decote abre de modo a expor muito do meu peito? Se eu vestisse essa roupa de qualquer maneira, eu iria me lembrar de manter o tecido próximo ao meu peito quando eu me inclinasse? Estou decente na parte de trás? Sou capaz de curvar-me confortavelmente?
• Alongue as mãos sobre a cabeça como se você estivesse pegando algo em uma prateleira alta. Pergunte-se: a minha barriga e pernas estão expostas? Posso alcançar confortavelmente?
• Olhe para o quadro geral no espelho. Pergunte-se: se eu olhar para uma mulher andando em minha direção vestida como eu estou, o que eu pensaria sobre o que suas roupas dizem sobre ela? Ela está imodesta? Sem beleza?


Fonte: http://rosamulher.wordpress.com/2009/12/04/checklist-da-modestia/

terça-feira, 13 de julho de 2010

Jardim Botânico (RJ- Brasil)


Fundado em 1808, o Jardim Botânico do Rio foi o primeiro do Brasil e serviu, inicialmente, para aclimatar as especiarias vindas das Índias Orientais. Atualmente, o parque conta com 54 hectares e 6.500 espécies (algumas ameaçadas de extinção) espalhadas ao ar livre ou em estufas.

Aberto à visitação pública após 1822, o Jardim teve dentre seus visitantes ilustres: Einstein e a Rainha Elisabeth II do Reino Unido.

O Jardim também possui monumentos de valor histórico, artístico e arqueológico, além de um importante centro de pesquisa que inclui a mais completa biblioteca do país especializada em botânica com mais de 32 mil volumes.

O Jardim é um excelente passeio para quem aprecia natureza e arte, além de ser um excelente lugar para fazer um piquenique com os amigos!

Quando: Aberto de segunda a domingo, das 8h às 17h.
Onde: Rua Jardim Botânico, 1008.
Quanto: R$5,00.
Gratuito para crianças até 7 anos e adultos a partir de 60 anos.



Jardim Botânico - Rio de Janeiro


Jardim Botânico/Funchal

segunda-feira, 12 de julho de 2010

Conjuntos